Mistura de sentidos

Cheiros trazem imagens à tona.
(o cheiro de madeira lembra a minha infância em Petrópolis)
Cada lembrança tem o seu aroma.
(minha adolescência tinha cheiro de Giovanna Baby)
Os momentos têm a sua cor.
(Amarelo. É assim que visualizo a minha liberdade em Arraial D’Ajuda)
O som é sentido na pele, no corpo.
(Música gera arrepio, dor, coração batendo forte...)

Nenhum comentário: